IAB.pb e LabRua promovem Maratona de Projetos na cidade de Conde

Entre os dias 23 e 30 de julho, o LabRua, em parceira com o IAB.pb, promoverão a próxima Maratona de Projetos. O evento reunirá estudantes e profissionais para discutir a cidade de Conde. Os interessados poderão se inscrever no evento a partir do dia 1º de julho. Estudantes de arquitetura e urbanismo do IESP e sócios em dia com o IAB.pb terão 30% desconto para participar. Haverá, ainda, vagas para cotistas pela metade do preço.

Acompanhe mais informações na página do LabRua no Facebook ou envie e-mail com dúvidas para labderua@gmail.com.


A Maratona de Projetos do LabRua, Laboratório de Rua, é uma adaptação do Hackathon, um evento comum na área de computação. Trata-se de uma maratona de hacking, ou seja, o desenvolvimento intensivo e coletivo de software e hardware para resolver problemas do interesse dos envolvidos e duram, geralmente, um dia ou um final de semana. No âmbito da arquitetura e urbanismo, o cerne da Maratona de Projetos do LabRua é a imersão dos participantes nos temas da cidade, desenvolvendo e analisando diagnósticos de uma área para elaboração de propostas.

Na Maratona de Projetos do LabRua trabalha-se com a análise do espaço urbano e desenvolvem-se projetos urbanos para um determinado município. No final do evento, são realizados júris onde os participantes defendem as propostas desenvolvidas e os melhores projetos são premiados. Os júris são formados por professores de arquitetura e urbanismo, arquitetos e urbanistas do mercado de trabalho e, o mais importante, por representantes das gestões públicas das cidades estudadas.

A Maratona de Projetos do LabRua já foi realizada em alguns múnicípios do estado da Paraíba, como Alagoa Grande, Remígio, Bananeiras, Areia e João Pessoa. Nessa edição, o objeto de estudo é o município de Conde, localizado no litoral sul paraibano. A cidade é conhecida por suas praias: Jacumã, Tabatinga e Tambaba, entre outras. No entanto, seu vasto território vai muito além do litoral, englobando áreas rurais e industriais.

Pela primeira vez, a Maratona de Projetos do LabRua será realizada durante uma semana inteira. Numa primeira etapa, os participantes farão levantamentos e elaborarão o diagnóstico da área de estudo. A seguir, e a partir da análise desse diagnóstico, desenvolverão projetos para o centro urbano de Conde, levando em consideração as problemáticas e potencialidades dessa área da cidade e envolvendo temas como mobilidade, acessibilidade, patrimônio cultural e a relação das fachadas com a rua. O exercício proposto englobará eixos temáticos como mobilidade urbana e o direito à cidade, temas amplamente discutidos à medida que os projetos contemplam espaços públicos com diversas problemáticas, mas com potencialidades para boas soluções de desenho urbano.

A Maratona de Projetos do LabRua, edição Conde, está marcada para acontecer na última semana de julho de 2017, entre os dias 23 e 30. Dessa vez, contará com a parceria do Instituto dos Arquitetos do Brasil, Departamento da Paraíba, IAB.pb, e terá o apoio do curso de Arquitetura e Urbanismo do Instituto de Educação Superior da Paraíba, CAU/IESP, e da Prefeitura Municipal de Conde, através da sua Secretaria de Planejamento, SEPLAN/PMC.


Fundado professora, arquiteta e urbanista Aída Pontes, atual Diretora Presidente do LabRua, o Laboratório de Rua é uma associação civil sem fins lucrativos, de perfil educacional, que promove pesquisas técnico científicas. Sediada na cidade de Campina Grande, segunda maior cidade do estado da Paraíba, tem como objetivos específicos desenvolver estudos voltados ao espaço público e à mobilidade de pessoas por qualquer meio de transporte, defender e promover a preservação do patrimônio cultural. Em outras palavras, o LabRua busca discutir uma cidade para pessoas.

Participam do LabRua arquitetos, urbanistas, estudantes de cursos de arquitetura e urbanismo, de história, de psicologia, de design e de computação, contribuindo, assim, para uma visão colaborativa e multidisciplinar nos estudos. Atualmente, os projetos desenvolvidos estão focados em diversos espaços públicos da cidade de Campina Grande, como o núcleo central, o Açude Velho e o Parque do Povo, como também em espaços públicos do centro da cidade de Esperança, no interior da Paraíba.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s