I Seminário de apoio às Comunidades Tradicionais acontece no Porto do Capim

“Pare! Olhe! Escute! Aqui tem gente!” Foi com esse mote que o Porto do Capim exigiu que sua voz fosse ouvida e respeitada nas ações propostas pela Prefeitura Municipal de João Pessoa e que afetam a vida da comunidade tradicional que há mais de 70 anos está às margens do rio Sanhauá, no Centro Histórico de João Pessoa.

Desde 2013 a comunidade vem se organizando para assegurar que qualquer intervenção se dê de forma dialogada e participativa. Em determinado momento a Prefeitura de João Pessoa se negou ao diálogo e numa sequência de violações de direitos iniciou a construção de um “parque ecológico” sem assegurar condições dignas para a permanência da comunidade.

A existência desse diálogo e sua retomada só foi possível pela mobilização da comunidade, pela intermediação do Ministério Público Federal e pelo surgimento espontâneo de uma rede de apoio ao Porto do Capim. É essa rede, liderada pela Associação de Mulheres do Porto do Capim, pelas Garças do Sanhauá e pelo Movimento Porto do Capim em Ação, que está realizando o “Entre Redes: I Seminário de apoio às Comunidades Tradicionais”.

O “Entre Redes” acontece no Porto do Capim das 13h às 22h e vai discutir patrimônio, identidade, direitos humanos, território e organização política das comunidades. Nesta última quinta-feira, 29/08, parlamentares da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara Federal, da Assembléia Legislativa da Paraíba e da Câmara Municipal de João Pessoa visitaram a comunidade.  

Na sexta, 30, acontecerá a partir das 13h, na sede do IAB-PB a Audiência Pública: iminência de despejo no Território do Porto do Capim, promovida pela Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara Federal.

E no sábado, 31, depois de uma vivência de turismo comunitário, num momento histórico, oito comunidades tradicionais estarão reunidas para dialogar e propor ações para o fortalecimento da rede.

O “Entre Redes”, assim como o Porto do Capim, também respira arte e cultura. Quem for ao coração da cidade no centro histórico nestes dias vai encontrar cortejo de tambores, cinema, capoeira, música e dança. E na culminância do “Entre Redes” o recital: “Pare, Olhe, Escute! Aqui tem gente!” 

Serviço:

I Seminário de apoio às Comunidades Tradicionais acontece no Porto do Capim

Data: 29 a 31 de agosto de 2019

Hora: 13h às 21h

Local: Porto do Capim e Instituto dos Arquitetos do Brasil

Realização: Garças do Sanhauá, Movimento Porto do Capim em Ação, Associação de Mulheres do Porto do Capim e  Rede de Apoio á Comunidade Tradicional e Ribeirinha do Porto do Capim

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s